Nextmídia Soluções Interativas

 

Blog

Rua Piquiri, 660 - Rebouças
Curitiba - PR
41 3332-6815

  • quarta-feira, setembro 05, 2007

    ONGs podem anunciar de graça no Google Adwords - Webinsider

    Organizações sem fins lucrativos podem anunciar de graça (e até generosamente) em campanhas para atrair mais público a seus sites. É o Google Grants, "uma ajuda para os que lutam para melhorar o mundo".


    O Google AdWords, principal plataforma de links patrocinados na web, também pode ser usado de forma gratuita. Mas não é para qualquer um, é apenas para quem trabalha para fazer um mundo melhor.

    Em versão Beta (o que conceitualmente não quer dizer mais nada hoje em dia), o Google Grants permite que ONGs e demais organizações sem fins lucrativos utilizem a ferramenta do Google AdWords gratuitamente (por pelo menos três meses) na divulgação de seus websites.
    Segundo o website do programa, o objetivo do Google Grants é “oferecer apoio a organizações que compartilham de sua filosofia de prestação de serviços à comunidade, e que sejam claramente orientadas a melhorar o mundo em áreas tão diversas como a ciência e a tecnologia, a educação, a saúde pública mundial, o meio ambiente, a defesa dos direitos dos jovens e as artes”.

    Disponível em diversos países além do Brasil (como Austrália, Índia, Irlanda e Suécia, entre outros), o Google Grants permite com que qualquer fundação tire proveito dos benefícios da propaganda contextual, direcionando mais usuários a seu website (o FAQ do Google Grant deixa claro que a ONG precisa ter um site para participar, por suposto) e, com isto, conseguir mais voluntários, colaboradores e patrocinadores.

    Este serviço, contudo, traz algumas regras básicas para o bom funcionamento: para fazer parte do Grants, a ONG deve apresentar ao Google um “certificado oficial emitido pelo Ministério da Justiça ou por órgão estadual ou municipal competente, certificado de Entidade Filantrópica concedido pelo Instituto Nacional de Seguridade Social ou prova de registro de seu estatuto no Cartório de Registro de Pessoas Jurídicas competente”.

    A elegibilidade das instituições também está condicionada à desistência de participação no AdSense, caso o utilizem - o AdSense permite que qualquer website incorpore links patrocinados contextuais em seus sites, sendo remunerado pelo Google com uma parte da renda gerada pelos cliques, como um ‘programa de afiliados’. Neste caso, a ONG deverá avaliar onde obterá melhores resultados; uma experimentação do Google Grants durante um período poderá trazer a resposta, ao comparar a economia de custo por visitante no website versus o quanto obtiveram de aumento em visibilidade ou mesmo incremento de contribuições versus a renda que obtinham com o AdSense.

    O sistema permite que as ONGs anunciantes criem 25 campanhas para cada conta autorizada onde, para cada campanha, podem ser criados 100 grupos de anúncios, 1.000 palavras-chave e tantos anúncios quanto forem possíveis de administrar. Para quem nunca trabalhou com links patrocinados, acreditem, é bastante coisa.

    Infelizmente a aceitação no programa não é online (embora seja na web). O Google informa que a avaliação das inscrições pode levar até seis meses. Contudo, em operações onde qualquer centavo vale (estou falando das ONGs, não dos links patrocinados), a oportunidade de se fazer presente no mundo digital deve ser muito bem aproveitada.

    Por JC Rodrigues do Webinsider.

    Postado por Leonardo Salles as 3:22 PM

    Enviar comentário

    0 comentários

  • https://plus.google.com/100011951468547193538?prsrc=3
  • http://twitter.com/nextmidia
  • http://facebook.com/nextmidia
  • http://foursquare.com/nextmidia
  • http://linkd.in/i3QyLg
  • http://blog.nextmidia.com.br/feeds/posts/default?alt=rss
  • Arquivos

Powered by Blogger